Pravda.ru

CPLP » Brasil

Santa Catarina: Governo antecipa pagamento do Bolsa Família

02.12.2008
 
Santa Catarina: Governo antecipa pagamento do Bolsa Família

Em razão dos trágicos acontecimentos de Santa Catarina, decorrentes das últimas chuvas, o pagamento do Bolsa Família será antecipado para 11 de dezembro, que em situação normal começaria no dia 16. A decisão foi tomada pelo Ministério do Desenvolvimento Social e Combate à Fome (MDS) que determinou, via Secretaria Nacional de Renda de Cidadania (Senarc), à Caixa Econômica Federal, a geração antecipada da folha de pagamentos de dezembro do Bolsa Família no estado.

Serão pagos R$ 9,1 milhões a 119 mil famílias em todos os municípios do estado. A antecipação tem como meta aliviar a situação das vítimas das enchentes e soma-se às outras iniciativas adotadas pelo governo federal com a finalidade de aliviar o sofrimento das famílias atingidas e desabrigadas, como também ajudar na rápida recuperação das cidades.

A Secretaria Nacional de Renda de Cidadania do MDS também solicitou à Caixa Econômica Federal avaliação da rede de pagamentos nos municípios de Santa Catarina mais atingidos pelas enchentes e desabamentos - onde muitas lotéricas e agencias bancárias talvez não estejam funcionando - com vistas à adoção de ações especiais de logística de pagamento do benefício.

Pelo processo regular, os beneficiários receberiam nos últimos dez dias úteis do mês de acordo com o dígito final do Número de Identificação Social (NIS). Com a antecipação, as famílias podem fazer saques em qualquer dia.

O benefício varia de R$ 20,00 a R$ 182,00 de acordo com o perfil de renda e a composição familiar. Tem direito a receber o programa, famílias com renda per capita mensal de até R$ 120,00.


Alimentos e remédios – A Conab (Companhia Nacional de Abastecimento) já destinou à região 708 toneladas de alimentos em geral e 54 t de feijão, o que equivale a 32.540 cestas básicas. Os produtos transportados pela Defesa Civil. As doações também contam com recursos financeiros da Defesa Civil do governo federal.

O Ministério da Saúde colocou R$ 100 milhões à disposição do governo estadual e deverá ser liberada assim que o plano de contingência preparado for entregue ao Ministério da Saúde.

Do total de recursos, assegurados por medida provisória, cerca de R$ 70 milhões serão transferidos diretamente para o Fundo Estadual de Saúde para ampliar as equipes de trabalho e outros R$ 30 milhões serão usados na compra de equipamentos e reformas das unidades de saúde.

Além da verba, o Ministério da Saúde já enviou 17 toneladas de medicamentos e insumos para Santa Catarina. Os medicamentos são indicados para o tratamento de doenças comuns em situações de enchentes, como leptospirose, hepatite, diarréia e problemas relacionados à má qualidade da água. Entre os materiais enviados, estão curativos, luvas, máscaras, agulhas e seringas.

Cerca de mil militares estão envolvidos no socorro em Santa Catarina. São 888 homens do Exército, 137 da FAB e 103 da Marinha, que aumentou seu efetivo com a mobilização do navio patrulha Benevente. O número de viaturas, a maioria caminhões, subiu para 49, sendo 45 do Exército, e continuam em operação 13 helicópteros militares e dois aviões cargueiros da FAB. Há ainda em uso 22 botes (16 do Exército e 6 da Marinha), 4 geradores, um posto de abastecimento de água, e uma ponte de campanha, entre outros.

Fonte: Secretaria de Comunicação Social da Presidência da República


Loading. Please wait...

Fotos popular