Pravda.ru

CPLP » Angola

Governo do Japão e UNICEF apoiam refugiados da RDC na Lunda Norte

30.03.2018
 
Governo do Japão e UNICEF apoiam refugiados da RDC na Lunda Norte. 28493.jpeg

Governo do Japão e UNICEF apoiam refugiados da RDC na Lunda Norte

Luanda 28 de Março de 2018 - O Governo do Japão disponibilizou cerca de 250 mil dólares para as acções de apoio aos refugiados do Kasai, República Democrática do Congo (RDC) instalados no Dundo, Lunda Norte, República de Angola. Os fundos disponibilizados permitem ao UNICEF dar continuidade à assistência humanitária nos sectores da nutrição, água, higiene e saneamento e ainda na promoção de boas práticas para a saúde. 

O importante apoio do Governo do Japão junta-se assim aos esforços do Governo de Angola, do UNICEF e demais parceiros, no apoio às famílias refugiadas que encontraram paz, segurança e estabilidade em Angola, após serem forçadas a abandonar as suas áreas de origem no Kasai, devido aos violentos conflitos que assolaram toda a região.

A doação serve para financiar as intervenções do UNICEF na gestão comunitária dos casos de malnutrição, na manutenção e ampliação de instalações de equipamentos como latrinas e chuveiros básicos e na promoção de práticas importantes que salvam vidas e protegem as crianças, particularmente sobre o uso de latrinas, adopção de cuidados de higiene e prevenção da violência contra crianças e mulheres.

Desde o início de 2017, o UNICEF tem apoiado as acções de resposta no sector de nutrição, água, higiene e saneamento, protecção da criança e no trabalho de mobilização social com as comunidades de refugiados na Lunda Norte.

Sobre o UNICEF

O UNICEF promove os direitos e bem-estar de todas as crianças, em tudo o que fazemos. Juntamente com os nossos parceiros, trabalhamos em 190 países e territórios para traduzir este nosso compromisso em acções concretas, centrando especialmente os nossos esforços em chegar às crianças mais vulneráveis e marginalizadas, para o benefício de todas as crianças, em qualquer parte do mundo.

 


Loading. Please wait...

Fotos popular