Pravda.ru

CPLP » Angola

Digressão a Luanda: A Escola da Noite faz balanço muito positivo

29.05.2008
 
Digressão a Luanda: A Escola da Noite faz balanço muito positivo

A Escola da Noite regressou na passada segunda-feira a Coimbra, depois de uma digressão de dez dias à capital angolana, onde apresentou dois dos seus mais recentes espectáculos: "Matéria de Poesia" e "Auto da Índia: aula prática".

Viajando a convite do Teatro Elinga, organizador do 1º Festival Internacional de Teatro e Artes de Luanda, a companhia apresentou os dois espectáculos na sede deste grupo, em plena baixa da cidade, e foi ainda solicitada para uma sessão extraordinária de "Matéria de Poesia", dedicada ao público escolar, na Escola Njinga Mbande, organizada pelo grupo Horizonte, sediado neste estabelecimento de ensino secundário.

O grupo de Coimbra faz um balanço muito positivo desta sua primeira deslocação a Angola, não só pela óptima receptividade do público aos trabalhos apresentados (três sessões praticamente esgotadas, perto de um total de quinhentos espectadores), mas também pela oportunidade de aprofundar os laços de interconhecimento e colaboração com vários grupos, artistas e outras instituições daquele país. Para além do Teatro Elinga (que, recorde-se, apresentou o seu trabalho na Oficina Municipal do Teatro em 2003, no âmbito da Estação da Cena Lusófona) e do Horizonte Njinga Mbande, A Escola da Noite teve oportunidade de assistir à apresentação de espectáculos e de trocar experiências com o Colectivo Henriques Artes (que apresentou "Hotel Komarca") e com o grupo Oasis, que apresentou a peça "SOS Mundo". Para além disso, a presença da companhia em Angola coincidiu com a passagem pelo mesmo Festival do Grupo do Centro Cultural Português do Mindelo (Cabo Verde), com o espectáculo "As mulheres da Laginha" e do grupo Galagazul, de Moçambique, que transportou a sua versão de "Dois perdidos numa noite suja".

Ainda no âmbito do Festival, a companhia dinamizou uma oficina sobre teatro, na qual participaram cerca de 20 jovens actores e encenadores de vários grupos da cidade de Luanda. Estendendo-se ao longo de quatro dias, esta acção de formação teve lugar na sede da Associação 25 de Abril, histórica instituição da cidade que assim se associou à primeira visita da companhia à capital angolana.

Depois das digressões anteriormente efectuadas à Guiné-Bissau, em 1994, a Moçambique, em 1995, e ao Brasil, em 1998, esta deslocação a Angola, que contou com o patrocínio da empresa de engenharia e construção Mota-Engil, veio reforçar ainda mais a ligação d'A Escola da Noite ao universo teatral dos países de língua oficial portuguesa, bem evidenciado em diferentes momentos e projectos que marcam o percurso de 16 anos do grupo de teatro de Coimbra.

Ainda durante a visita, a companhia foi convidada pelo Ministério da Cultura de Angola a dar sequência num futuro próximo ao trabalho de formação agora iniciado.



Anexos: fotografias da sessão de formação na Associação 25 de Abril e da assistência ao espectáculo "Auto da Índia: aula prática", na sede do Teatro Elinga.

Isabel Campante
A Escola da Noite


Loading. Please wait...

Fotos popular