Pravda.ru

CPLP » Angola

Angola representa UNESCO no XII Congresso Mundial de Filosofia

23.07.2008
 
Angola representa UNESCO no XII Congresso Mundial de Filosofia

Paris, 21 de Julho de 2008 – O Embaixador-Delegado Permanente de Angola junto da UNESCO, Almerindo Jaka Jamba, foi convidado para representar esta organização das Nações Unidas no XXII Congresso Mundial de Filosofia, a ter lugar de 30 de Julho a 5 de Agosto deste ano, na Universidade Nacional de Seul, Coreia do Sul, numa organização da Federação Internacional das Sociedades de Filosofia (FISF).

Sob o lema “Repensar a Filosofia Hoje”, o XXII Congresso Mundial de Filosofia terá uma sessão de abertura oficial e será composto de fóruns, que incluem também jovens filósofos, da assembleia-geral da FISF e de quatro sessões plenárias, nomeadamente: 1. Repensar a Filosofia Moral, Social e Política: Democracia, Justiça e Responsabilidade Global; 2. Repensar a Metafísica e a Estética: Realidade, Beleza e o Significado da Vida; 3. Repensar a História da Filosofia e as Tradições da Filosofia Comparada: Tradições, Crítica e Diálogo; 4. Repensar a Epistemologia, a Filosofia da Ciência e Tecnologia: Conhecimento e Cultura.

Cinco simpósios irão, por seu turno, debater os seguintes temas: 1. Globalização e Cosmopolitismo; 2. Tradição, Modernidade e Pós –Modernidade: Perspectivas do Leste e do Oeste; 3. A Filosofia na Coreia; 4. Conflito e Tolerância e 5. Bioética, Ética Ambiental e as Geraç õ es Futuras.

A indicação do nome do Embaixador-Delegado Permanente de Angola para representar a UNESCO neste evento internacional, partiu de Pierre Sané, Sub-Director geral
para as Ciências Sociais e Humanas da organização e tem em conta a formação e vocação de Jaka Jamba para esta área das Ciências Sociais, bem como a sua participação e afiliação à rede de Filósofos da UNESCO.

A UNESCO sempre estabeleceu laços estreitos com a Filosofia, não uma Filosofia especulativa ou normativa, mas um questionamento cr í tico que permite dar um sentido à vida e à acção no contexto internacional . A própria UNESCO nasceu de uma interrogação sobre as condições de possibilidade de fazer reinar no mundo, de maneira durável, a paz e a segurança: ela é portanto uma resposta institucional a uma questão filosófica, a qual já havia sido colocada pelo Abade de Saint-Pierre e por Emmanuel Kant.

Fonte: UNESCO Angola


Loading. Please wait...

Fotos popular