Pravda.ru

CPLP » Angola

Angola assume presidência da OPEP em momento complicado

19.12.2008
 
Angola assume presidência da OPEP em momento complicado

Luanda (Prensa Latina) Angola assumi nesta quarta a presidência da Organização de Países Exportadores de Petróleo (OPEP) em um momento muito complicado pela tendência à baixa do preço do petróleo. A assunção ao cargo ocorrerá durante uma reunião da organização na cidade argelina de Oram.


O ministro angolano de Petróleo, José María Botelho de Vasconcelos (foto), substituirá seu similar argelino, Chakib Khelil, à frente dos destinos da OPEP. Uma das decisões chave do encontro dos 13 países integrantes da entidade resultará na possível redução da produção de petróleo, estimada em 32 milhões de barris diários (b/d).


Já em outubro último, numa reunião em Viena, Áustria, a OPEP adotou a medida de diminuir 1,5 milhões de b/d, o que não rendeu os dividendos esperados. De julho à data, o preço do barril passou de 147 dólares por unidade, ao atual de 46,45, queda que obrigou a uma revisão de orçamentos e projetos em todos os Estados sejam ou não grandes produtores de hidrocarbonetos.


As estatísticas citam que o petróleo é responsável por 35% da geração energética mundial e de 90 da energia consumida pelo transporte automotor. Pela instabilidade no mercado internacional do petróleo, acentuada por uma crise financeira global, sofreram-se danos econômicos, tanto em nações exportadoras como em importadoras de hidrocarboneto. O presidente José Eduardo dos Santos afirmou que o desafio é conseguir uma redução da volatilidade dos preços, os fixar em níveis que remunerem o investimento e estabelecer um equilíbrio entre oferta e demanda.


Os países da OPEP possuem 80% da reserva mundial de petróleo e contribuem com mais de 40 pontos percentuais do consumo diário do planeta.

http://www.patrialatina.com.br/editorias.php?idprog=9f61408e3afb633e50cdf1b20de6f466&codcanal=56&titulo=África


Loading. Please wait...

Fotos popular