Pravda.ru

CPLP » Angola

Afrobasket: campeões na prevenção do VIH/SIDA

15.08.2007
 
Afrobasket: campeões na prevenção do VIH/SIDA

Afrobasket: campeões na prevenção do VIH/SIDA

LUANDA, 15 de AGOSTO DE 2007 – Desde que o Ministério da Juventude e Desportos, em parceria com o Instituto Nacional de Luta contra o SIDA e o UNICEF, lançou em Junho de 2006 o Programa “ VIH e SIDA e Jovens nos Tempos Livres” por ocasião da copa do mundo de futebol, até hoje incrementaram-se no país as acções de divulgação da prevenção do VIH e SIDA nos lugares de encontro de jovens.

Alguns desses lugares, que contarão com uma massiva concentração de jovens, são, sem dúvida, os recintos onde se vai disputar o AFROBASKET 2007, n o período compreendido entre 15 a 25 de Agosto .

Em Luanda e nas províncias de Benguela, Cabinda, Huambo e Huíla, os basquetebolistas das 16 nações africanas engajados no Campeonato Africano de Basquetebol Masculino, que este ano completa 24 edições, serão também campeões da prevenção do VIH e SIDA.

Para o Vice-Ministro da Juventude e Desportos, Gonçalves Muandumba, “este projecto representa um grande desafio na implementação de mecanismos intersectoriais que visem minimizar a doença e suas consequências entre adolescentes e jovens em Angola e pretende responder a diversos tipos de necessidades juvenis em diversos locais frequentados por eles,” esclareceu aquele dirigente.

Ducelina Serrano, directora do Instituto Nacional de Luta contra o SIDA adiantou que “ o grande objectivo é o de melhorar o nível de conhecimento e sensibilização sobre o VIH e SIDA junto do público-alvo para gerar comportamento sexual responsável, seguro e saudável.”

Em estreita colaboração com o Comité Organizador do Campeonato Africano Sénior – COCASM, o Ministério da Juventude e Desportos – MINJUD e o Instituto Nacional de Luta contra a SIDA – INLS estão a coordenar e a prestar apoio técnico às actividades alusivas ao VIH e SIDA, que foi adoptado como tema social do Campeonato Africano de Basquetebol.

O UNICEF, por seu turno dá o seu apoio técnico e financeiro, enquanto que a Sociedade Civil, representada pelas organizações integrantes da ANASO, da RNP (Rede Nacional de Pessoas Vivendo) e do CNJ (Conselho Nacional da Juventude), é responsável pela implementação das actividades no terreno.

De acordo com a Representante do UNICEF, Angela Kearney, “ o Campeonato Africano de Basquetebol oferece uma grande visibilidade em todo o país e no continente e anuncia-se um ambiente alargado de atracção e convivência entre jovens, o que propicia uma oportunidade ímpar de disseminação de mensagens de prevenção e combate ao estigma e discriminação do VIH e SIDA.”

O Programa “VIH e SIDA e jovens nos tempos livres – Curte a vida com cuidado!” que nasceu, há mais de um ano, da parceria entre o Ministério da Juventude e Desportos e o UNICEF para prevenção do VIH e SIDA nos lugares de encontro de jovens, dos 15 aos 18 anos, confirma deste modo ser uma iniciativa que veio para durar e onde se encaixam futuros eventos de vária índole e diversas modalidades que envolvam os jovens.

A sensibilização contra o VIH e SIDA ocorre em todas as províncias do AFROBASKET com a distribuição de materiais informativos, divulgação de mensagens e entrega de preservativos nos aeroportos e hotéis e nos arredores dos pavihões onde vão decorrer as competições. Organizam-se igualmente caravanas do Afrobasket em algumas escolas (recebendo o Driblo, a mascote dos jogos), caravanas em algumas universidades (com palestras sobre o VIH e SIDA), actividades sócio-educativas e culturais dentro dos pavilhões nos intervalos dos jogos e tantas outras actividades que ficam ao critério da sociedade civil.

Fonte: UNICEF Angola


Loading. Please wait...

Fotos popular