Pravda.ru

CPLP » Angola

Diamantífera russa quer investir 400 milhões de dólares em Angola

14.03.2008
 
Diamantífera russa quer investir 400 milhões de dólares em Angola

Sergey Vybornov, o presidente da multinacional diamantífera russa ALROSA, ontem em Luanda anunciou que pretende incrementar os seus investimentos em Angola nos domínios da energia, construção civil, petrolífero e diamantes, segundo o Jornal de Angola.

A ALROSA já investiu cerca de 400 milhões de dólares em Angola e recentemente assinou um acordo no valor de 800 milhões de dólares com o banco de desenvolvimento russo para o financiamento das suas actividades em África.

Ontem, Sergey Vybornov foi ao Palácio Presidencial da Cidade Alta em Luanda apresentar os projectos da ALROSA ao Presidente da República, José Eduardo dos Santos, e garantiu à imprensa que grande parte do valor do acordo com o banco de desenvolvimento russo será utilizado em Angola.

Na audiência em que se fez acompanhar do embaixador da Federação russa em Angola, Sergey Nenáchev, e do vice presidente da ALROSA, o empresário russo disse que aquela companhia pretende diversificar os investimentos em Angola, concentrados maioritariamente na prospecção e exploração de diamantes.

A ALROSA está já a concluir uma central hidro-eléctrica na Lunda Sul, para além da barragem de Chicapa (Lunda-Sul), que começou a fornecer energia eléctrica para Saurimo e Catoca a partir de Janeiro último.

Segundo Sergey Vybornov, que efectua um périplo por alguns países africanos, o Presidente da República, José Eduardo dos Santos, acolheu de forma positiva os projectos implementados pela ALROSA em Angola e garantiu o seu apoio institucional ao investimento daquela companhia no país.

A ALROSA é responsável por cerca de um quarto da produção diamantífera mundial e vendeu no ano passado pedras preciosas no valor de 2,86 mil milhões de dólares.

O Presidente da República, José Eduardo dos Santos, realizou em 2006 uma visita de Estado a Moscovo (Rússia). Durante a visita foram assinados acordos de cooperação em vários domínios.

Foram igualmente alcançados entendimentos importantes durante a visita de Mikhaíl Fradkóv, Presidente do Governo (equivalente a Primeiro-Ministro) da Federação Russa a Angola, em Março do ano em curso.

Entre os entendimentos constam um acordo de inventariação dos acordos assinados desde a independência de Angola.


Loading. Please wait...

Fotos popular