Pravda.ru

Negόcios

Dicas de economia para o início de 2014

30.01.2014
 
Dicas de economia para o início de 2014. 19693.jpeg

Começa tudo de novo, chega o momento de planejar, visto que chegou o IPVA, está recebendo os carnês de IPTU, carnês das categorias profissionais, material escolar e a conta do cartão de crédito do mês anterior. Qual a solução para ter economia?


Antes de comprar o material escolar é necessária uma reunião familiar, verificar o que pode ser aproveitado do ano anterior, como lápis, estojo, cadernos espirais (verifique a possibilidade de reciclá-lo, retire do espiral as folhas utilizadas e deixe apenas as em branco e encape o caderno, mas deixe que a criança faça isto, sendo um consumidor consciente desde pequeno), compasso, esquadro, régua e tantos outros itens.

A compra do material deve ser a priori à vista, para obter descontos, de preferência faça compra conjunta com amigos para conseguir melhores preços; negocie com os estudantes, um mesmo material escolar com marcas diferentes podem custar até 500% mais caros, principalmente os licenciados.

Evite comprar produtos que parecem brinquedos, além de mais caro, distraem na hora da aula. Exija nota fiscal detalhada para caso de defeito de algum produto. A regra é pesquisar sempre e no caso de compra de várias listas tente comprar alguns produtos no atacado, lembre-se que geralmente entre 20% a 40% do material utilizado no ano anterior é possível de ser reutilizado no ano seguinte.


         O endividamento em prestações não deve ultrapassar a 30% do salário líquido para evitar problemas financeiros de curto e longo prazo.


         IPTU deve ser pago à vista com desconto para quem têm dinheiro, ou parcelar para quem está com orçamento comprometido, é preferível pagar 3% mais caro no imposto a pagar por volta de 5,75% a 10,98% nos juros do cheque especial.


         A nova adesão do Simples Nacional será até o final de janeiro, sendo vantajoso para pequenas empresas em alguns casos, consulte um contador e verifique as vantagens financeiras como a unificação de impostos. Hoje já são mais de 4 milhões de micro e pequenas empresas que optaram pelo sistema.


         Sempre que o litro do etanol ultrapassar a 70% do valor da gasolina é mais vantajoso abastecer com gasolina, provavelmente o preço do álcool tenderá em 2014 a permanecer em alta.


         Quem não trocou de carro teve uma redução do IPVA, mas o preço dos alimentos, transportes, gás comercial, correios estarão mais caros neste início de ano.


          Nova tabela do Imposto de Renda entra em vigor a partir de janeiro, o limite de isenção passou para R$ 1.787,77, válidos de primeiro de janeiro até 31 de dezembro de 2014. A dedução por dependente passou para R$ 179,71 por mês.


         Os bancos passam a ter obrigação de informar qual o investimento mais adequado. As novas regras estão previstas no Código de Regulação da ANBIMA.


         No início de 2014 há pressão nos preços de frutas e verduras; diminuição da isenção de IPI de alguns produtos e possível aumento acima da inflação para as contas de água e energia elétrica, pela irregularidade das chuvas.


Material Escolar - Bancos - Prestações - IR

Economista Welinton dos Santos 


Loading. Please wait...

Fotos popular