Pravda.ru

Negόcios

Valor das habitações em Portugal triplicou nos últimos 20 anos

29.01.2008
 
Valor das habitações em Portugal triplicou nos últimos 20 anos

O valor das habitações em Portugal triplicou ao longo dos últimos 20 anos, de acordo com um balanço do Índice Confidencial Imobiliário (ICI), que dá conta de que entre Janeiro de 1988 e agora esse mesmo índice valorizou 208%, segundo o Jornal de Negócios. 

O balanço hoje divulgado, por ocasião do 20º aniversário do ICI, indica que desde a primeira série destas estatísticas sobre os preços no mercado residencial português a habitação registou uma valorização nominal total de 208%, com uma valorização média anual de 5,8%.

Contudo, é possível notar uma desaceleração na valorização dos imóveis residenciais ao longo dos anos. Nos primeiros três anos do ICI, até 1991, o índice obteve valorizações anuais de 23,2%, mas até meados da década de 1990 teve um forte abrandamento, para 6,4% de valorização anual. No final dessa década o ICI ainda conseguiria crescer 9% ao ano, mas no final de 2001 a taxa de valorização desceria novamente para 5,1%.

Em 2007, mostra o ICI, o mercado de habitação registou uma subida de preços de 1,3%. Durante o ano, porém, houve evoluções diferenciadas. O primeiro trimestre foi mais dinâmico, com uma valorização de 4,3% numa base anual. O meio do ano apresentou um misto de subidas e descidas, mas nos últimos meses de 2007 o mercado voltou a crescer, com uma valorização anualizada de 3,3%.

"A estagnação sentida pelo ICI em meados do ano não impediu que o ritmo de valorização média anual registasse uma evolução positiva, e invertendo a tendência de desaceleração verificada desde Junho de 2006 e que persistiu até Junho de 2007. No mercado de alojamentos novos, esta desaceleração fez-se sentir até Novembro, altura em que a taxa de valorização média anual atingiu os 1,5%, voltando a subir em Dezembro, quando atingiu os 1,7%", explica um comunicado do ICI. Quanto aos usados, tiveram em 2007 uma valorização de 1%.

Na Área Metropolitana de Lisboa a valorização dos imóveis habitacionais foi inferior ao aumento geral do ICI, ficando em 1,1%, com diferenças entre novos e usados. Enquanto as casas novas apresentaram uma valorização de 1,8%, as usadas não foram além de 0,8%.

O ICI recorre à informação disponível no portal imobiliário LardoceLar.com que, em 2006, registou um total acumulado de 320 mil imóveis, provenientes de 1.388 empresas de mediação. Para além do Continente, o índice incide sobre a Área Metropolitana de Lisboa, a Área Metropolitana do Porto, as regiões Norte, Centro, Alentejo e Algarve.

 Por Miguel Prado


Loading. Please wait...

Fotos popular