Pravda.ru

Negόcios

Coalizão liderada pelos EUA matou mais de 9 mil pessoas na Síria desde 2014

26.07.2017
 
Coalizão liderada pelos EUA matou mais de 9 mil pessoas na Síria desde 2014. 26998.jpeg

Coalizão liderada pelos EUA matou mais de 9 mil pessoas na Síria desde 2014

Segundo relatório do Observatório Sírio de Direitos Humanos (OSDH), divulgado no último domingo (23), a coalizão liderada pelos EUA para intervir militarmente na guerra na Síria matou 9.274 pessoas desde setembro de 2014.

As mortes foram causadas por bombas e ataques aéreos da Coalizão Internacional, que atua sem a permissão do governo sírio, violando a soberania de seu território.

Os ataques deixaram ainda centenas de civis feridos, segundo o OSDH, muitos dos quais com gravidade, tendo que ser amputados e tornando-se fisicamente deficientes, além de destruição de propriedades públicas e privadas.

De acordo com o relatório, 1.961 civis sírios foram mortos pelas forças de agressão ocidentais, incluindo 441 menores de 18 anos e 336 mulheres. Também foram assassinados 154 familiares de membros do Estado Islâmico, dos quais 68 eram crianças menores de 16 anos, 57 mulheres e 29 homens.

A Coalizão Internacional matou ainda 140 militares e milicianos do regime sírio e 6.649 terroristas do Estado Islâmico teriam sido abatidos.

No último mês, entre 23 de junho e 23 de julho, foram assassinadas 476 pessoas pelas forças de intervenção lideradas pelos EUA, sendo 162 civis (incluindo 53 crianças e 60 mulheres).

O Observatório condenou o massacre de civis pela coalizão liderada pelos EUA e pediu a punição "daqueles que têm assassinado e ajudado a assassinar [civis]" e que sejam levados a julgamento.

O OSDH é uma ONG sediada em Londres, se opõe ao governo do presidente sírio Bashar al-Assad e é acusada por alguns de receber financiamento do Ocidente.

O relatório completo pode ser acessado aqui:

Eduardo Vasco

Pravda.Ru

 


Loading. Please wait...

Fotos popular