Pravda.ru

Negόcios

Irã acredita em um acordo nuclear com o G5+1 em novembro

25.10.2014
 
Irã acredita em um acordo nuclear com o G5+1 em novembro. 21050.jpeg

Teerã,  (Prensa Latina) Especialistas iranianos avaliam hoje como "sérias, intensas, explícitas e úteis" as conversas com seis potências sobre o programa nuclear do país, enquanto o presidente Hassan Rouhani estimou possível um acordo permanente no prazo previsto.

Hamid Baeedinejad, chefe da delegação de especialistas do Irã na conversa com o Grupo 5+1 (os membros permanentes do Conselho de Segurança da ONU mais a Alemanha), considerou factível encontrar uma solução final a certos temas sensíveis das negociações.

O também diretor geral de Assuntos Políticos e de Segurança Internacional do ministério de Relações Exteriores explicou que a reunião a esse nível discutiu tópicos relevantes como o enriquecimento de urânio por parte da República islâmica e o levantamento das sanções.

A reunião de dois dias propôs-se chegar a um entendimento comum para posteriores discussões em instâncias superiores, a fim de atingir um acordo global e definitivo que ponha fim a décadas de disputas entre o país persa e Ocidente, basicamente Estados Unidos e seus aliados europeus.

Segundo Baeedinejad, as negociações em Viena com Stephen Clement, assistente da atual chefa da política exterior da União Europeia, Catherine Ashton, foram efetivas e úteis, mas ainda restam pontos medulares para dirimir.

Ao falar na província noroeste de Limpam, o presidente Rouhani estimou que os bons passos empreendidos na busca de um entendimento duradouro em torno do tema nuclear com o G5+1 fazem previsível o almejado acordo no que resta de tempo até a data limite de 24 de novembro.

O presidente aludiu às conversas retomadas ontem por especialistas de ambas partes como continuação às da semana passada, presididas pelo chanceler Mohammad Javad Zarif, Ashton, e pelo secretário de Estado norte-americano, John Kerry.

"Atingir um acordo sobre um tema importante com as seis potências mundiais não é fácil, mas as experiências iniciais indicam que podemos ter um arranjo exitoso com eles", reforçou Rouhani ao assinalar que Teerã precisa de boas relações com o mundo para seu desenvolvimento econômico.

O estadista expressou que seu governo tem planos de impulsionar vínculos econômicos com países vizinhos e grandes potências, o que -advertiu- pode ser feito inclusive sob as atuais sanções ocidentais, mas se mostrou otimista de expandir as relações em um cenário mais propício.

Meios oficiais iranianos publicaram hoje declarações de Kerry feitas em uma coletiva de imprensa conjunta em Berlim com o ministro alemão de Relações Exteriores, Frank-Walter Steinmeier, no sentido de que se mostrou esperançoso em solucionar o contencioso nuclear com Teerã.

Segundo a agência IRNA, o diplomata estadunidense avaliou como "rigorosa e conhecedora" a equipe negociadora iraniana e assegurou que trabalham duro para superar as divergências e assinar o acordo.

http://www.iranews.com.br/noticia/12802/ira-acredita-em-um-acordo-nuclear-com-o-g5-1-em-novembro

 

 


Loading. Please wait...

Fotos popular