Pravda.ru

Negόcios

Sistema Firjan anuncia superávit recorde da balança comercial

24.06.2008
 
Sistema Firjan anuncia superávit recorde da balança comercial

Exportações de petróleo perto de US$ 10 bi em 12 meses - A balança comercial do estado do Rio de Janeiro, em maio, bateu o superávit recorde de US$ 891 milhões, formado pelos maiores valores da série histórica desde 1996 de US$ 2,2 bilhões em exportações e US$ 1,35 bilhão em importações. O saldo comercial aumentou 338,1% frente a igual mês de 2007.

Rio, 24 de junho de 2008

A balança comercial do estado do Rio de Janeiro, em maio, bateu o superávit recorde de US$ 891 milhões, formado pelos maiores valores da série histórica desde 1996 de US$ 2,2 bilhões em exportações e US$ 1,35 bilhão em importações. O saldo comercial aumentou 338,1% frente a igual mês de 2007.

Os números são do Boletim Rio Exporta do Sistema Firjan, divulgado nesta terça-feira, dia 24. As exportações fluminenses tiveram alta significativa de 126% sobre maio de 2007, 14,3% de janeiro a maio último em relação ao mesmo período do ano passado e de 19,3% na variação do acumulado de doze meses.

A forte melhora do desempenho das exportações, em maio, deveu-se ao crescimento expressivo das vendas externas de petróleo, que teve receita cambial recorde de US$ 1,736 bilhão e a participação de 77,2% na pauta do estado. No acumulado em doze meses, as vendas externas somaram US$ 9,1 bilhões, ou seja, 60,4% das exportações totais fluminenses.

Com esse resultado, o Rio de Janeiro registrou sua maior participação no total do comércio exterior brasileiro, 11,6% das exportações, rendendo ao estado, pela primeira vez na série histórica mensal, a posição de segundo maior exportador nacional.

As importações, por sua vez, fecharam maio com avanço de 71,4% em relação ao mesmo mês de 2007. Nos cinco primeiros meses deste ano, as compras externas do estado aumentaram 43,9% contra igual período do ano passado e no acumulado de doze meses, o crescimento foi de 38,5%, sob liderança da indústria mecânica. O valor total importado nos cinco primeiros meses deste ano foi de US$ 4,95 bilhões, elevando o acumulado em doze meses a US$ 11 bilhões.

As compras externas da indústria extrativa mineral também se destacaram, com avanços de 195,8%, de 51,2% e de 54,8% nas comparações mensal, no período janeiro-maio e no acumulado de doze meses, respectivamente. A participação do petróleo na pauta de importações, em maio, no montante de US$ 547 milhões, alcançou 40,3%, com alta de 282,7% sobre o mesmo mês de 2007.

Peças e veículos; automóveis, caminhões e ônibus; e produtos farmacêuticos dosados foram outros produtos com destaque na pauta de importações de maio, com altas respectivas de 112,5%, 112,2% e 46,6% em relação ao mesmo mês de 2007.

O principal país de destino das exportações do estado, em maio, foram os EUA, com US$ 604 milhões, ou 26,9% do total exportado, devido em grande parte à venda de petróleo. Entre as importações, a Arábia Saudita foi o principal fornecedor, com compras do estado no valor de US$ 461 milhões, correspondentes a 34% da pauta.

Fonte: SISTEMA FIRJAN www.firjan.org.br


Loading. Please wait...

Fotos popular