Pravda.ru

Negόcios

Business-esquemão dos eurolíderes ucranianos

24.03.2015
 
Business-esquemão dos eurolíderes ucranianos. 21855.jpeg

O Banco Nacional da Ucrânia decidiu subir a taxa de refinanciamento para 30%. Ao aumentar as taxas de juros, as autoridades financeiras seguiram a mesma via que o Banco da Rússia.


As consequências serão as mesmas: compressão de um crédito já inacessível, aprofundamento da recessão e alta inflação - cerca de 30%.

Política monetária, redução do dinheiro circulante, em tempos de crise e em qualquer lugar do mundo, dão sempre o mesmo resultado - retração da economia e queda na armadilha da estagflação, que combina o declínio na produção, alta inflação, desemprego crescente e renda que encolhe.

Pelo que consegui entender da discussão, essa 'política' foi exigência feita pelo FMI. É medida absolutamente padrão, baseada no dogma monetarista e conhecida em todo o planeta como modelo de terapia de choque. Só sobreviverão a essa política as atividades orientadas para a exportação.

Dado que as atuais autoridades ucranianas estão rompendo a cooperação com a Rússia, a única exportação possível será a que interessar à União Europeia. Além de girassóis e sucata, a Ucrânia exportará mão de obra barata, armas contrabandeadas e, talvez, chernozem ["terras negras", ricas em húmus, típicas da Ucrânia]. E simultaneamente desaparecerão todos os investimentos na agricultura. Quero dizer: vão remover fisicamente as ricas terras negras ucranianas. 

A Ucrânia já conhece a integração europeia de 1941-1944. As autoridades da ocupação exportavam, da Ucrânia para a Alemanha, terras negras e mão de obra, sobretudo trabalho feminino .

Hoje, já se vê acontecer exatamente o mesmo. O atual governo ucraniano é governo de autoridades de ocupação. Foram mandados para lá pelos EUA e pela UE e com certeza implantarão lá a mesma política. Mulheres ucranianas são item apreciadíssimo na Europa. Levadas do país, tornam-se o principal item de exportação da Ucrânia.

As 'recomendações' do FMI são daninhas para a indústria, para a construção e para a agricultura ucranianas. Mas são utilíssimas para as 'metas' de EUA e europeus.

Especuladores ocidentais atraem dinheiro para o mercado financeiro deles, onde, como se sabe, imprime-se dinheiro alucinadamente, há anos. Ao longo da última década, a base monetária na Europa e nos EUA foi multiplicada vezes algo entre 3 e 5.

O FMI portanto impõe aos nossos países a política de contração na oferta de dinheiro, substituindo o dinheiro que falta por empréstimos e investimentos estrangeiros, e usando todos os tipos de fundos especulativos.

Hoje, você pode comprar patrimônio ucraniano por preço de liquidação. Adiante, o mesmo patrimônio será revendido a investidores diretos. A economia ucraniana nada obterá, além de pequeno aumento nas reservas de moeda estrangeira. Mas não bastará para estabilizar a economia.

Qualquer especialista mentalmente são que observe essas condições, aconselhará a recompor a cooperação com a Rússia. Salvar uma zona de livre comércio com o East Asian Economic Caucus (EAEC) e voltar à via da integração eurasiana. Simplesmente, não há outra via para o desenvolvimento sustentável da economia ucraniana. 

É necessário revisar o acordo com a UE e passar a basear-se nos interesses dos produtores ucranianos, com cooperação com a Rússia. (...) 

As atuais autoridades ucranianas sem dúvida possível roubarão tudo. Afinal, pelo que tenho ouvido, já se exige a demissão do presidente do Banco Nacional da Ucrânia por, precisamente, suspeita de roubo. As autoridades ucranianas já implantaram um sistema de múltiplos canais - mas não para a economia: só para elas mesmas. Falo de créditos especiais autorizados pelo BNU para bancos comerciais associados com Kolomoisky, Poroshenko e Yatsenyuk. Organizações criminosas sempre operaram precisamente desse modo.

As autoridades ucranianas usam o poder para a finalidade exclusiva do enriquecimento pessoal delas mesmas. O que poderia ser mais fácil? Mande o BNU imprimir dinheiro a ser 'pago' aos bancos deles, os quais, a seguir, requererão que o BNU troque aquele dinheiro por dólares; e os bancos delesexportarão os dólares para empresas offshore.

Esse é hoje o principal business-esquemão dos eurolíderes postos no governo da Ucrânia. Talvez a missão do FMI, hoje, seja - talvez - dar combate aos oligarcas 'financistas' em Kiev. Mas entre esses dois males nem vale a pena escolher. *****

 

19/3/2015, Sergei Glaziev, The Vineyard of the Saker (trad. ru. ao ing., de Lenok)
http://thesaker.is/the-main-business-scheme-of-ukrainian-euro-leaders/

 


Loading. Please wait...

Fotos popular