Pravda.ru

Negόcios

Bolívia perto de se integrar ao Mercosul

18.10.2016
 
Bolívia perto de se integrar ao Mercosul. 25295.jpeg

La Paz, 15 out (Prensa Latina) O embaixador da Bolívia no Paraguai, Reynaldo Llanque, assegurou que nos próximos dias o governo do Brasil poderia assinar o protocolo que confirma a adesão de seu país ao Mercado Comum do Sul (Mercosul).

Paraguai já o apoiou. Só falta o Brasil que, nos próximos dias, acreditamos, se manifestará favoravelmente, atestou ontem o representante diplomático na oriental Santa Cruz de la Sierra, onde participou na Reunião de alto nível sobre Transporte Sustentável de Países em Desenvolvimento sem Litoral.

Bolívia tem o caráter de parceiro no Mercosul e pretende ser membro pleno com todos os benefícios que isso implica.

O processo encontra-se atrasado devido aos debates internos no legislativo do gigante sul-americano, que se concentrou no julgamento político e posterior destituição da presidenta Dilma Rouseff.

Brasília é a única que falta a dar o aval, depois do dado por Argentina, Uruguai, Venezuela e Paraguai, integrantes do bloco econômico.

Em outra parte de seu diálogo com os meios de imprensa, Llanque explicou que Assunção procura uma aliança estratégica com La Paz pelas concordâncias dos dois países na produção de carne, soja e trigo além da geração de energia por meio da hidroelétrica.

Procuramos uma troca das potencialidades binacionais e o cenário do Mercosul abre um leque de oportunidades importantes para o desenvolvimento produtivo, analisou.

Os princípios que regerão a integração da Bolívia ao Mercosul são os de gradualidade, flexibilidade e equilíbrio, o reconhecimento das assimetrias e do tratamento diferencial, bem como os princípios de segurança alimentar, meios de subsistência e desenvolvimento rural integral.

Quando se entregar o protocolo de adesão, devem passar ao menos 30 dias para que entrem em vigor as condições nas quais a Bolívia, durante quatro anos, adote o regulamento Mercosul para ser parte de todos os sistemas desse bloco, detalham relatórios oficiais.

Fonte

 


Loading. Please wait...

Fotos popular