Pravda.ru

Negόcios

EXPO Prado 2008: a maior feira agro-industrial uruguaia abre sua 103ª edição

16.09.2008
 
Pages: 12
EXPO Prado 2008: a maior feira agro-industrial uruguaia abre sua 103ª edição

O Eng°. Alejandro Carvalho, com sobrenome brasileiro é o Diretor desta nova 103ª edição da Expo Prado 2008 (www.expoprado.com) que está ocorrendo de 10 até 21 de Setembro, logo que a Feira deste segmento de Esteio no Rio Grande do Sul tinha encerrado mais uma edição do jeito que sempre acontece e marcando quase um perfil de parceria entre as duas.

O conhecido jornalista uruguaio do ambiente rural, Sr. Leonardo Loaces é mais uma vez o responsável do contato com a imprensa local e internacional e quem aprova os crachás dos colegas, fora isso destaque da nossa foto tirada na Sala de Imprensa e com uma faixa nas costas que traduzida fala assim: «A casa do jornalista».

Na hora que a praia ainda não era o espaço mais aconchegante dos montevideanos, o Prado, foi o a escolha das famílias mais chiques da época para «pegar bronze» no século XIX e início do XX aproveitando o ar sem poluição (será que tinha ar poluido nessa época?) gerado pela natureza pura, vestida de relva e as muitas árvores dos parques que o contornavam e continuam contornando os maravilhosos casarões que ainda hoje ficam erguidos na vizinhança. O riacho Miguelete foi o grande imã da antiga alta sociedade entrando ziguezagueante nesses parques permitindo um privilégio para aqueles montevideanos que os atuais não conseguem mesmo tendo vontade os dias muito quentes, darem um mergulho nesse leito.

Com a antiga Residência Presidencial da Avenida Suárez apenas dois quarteirões da EXPOPRADO é ponto de encontro das reuniões dos Ministros como o Presidente da República Dr. Oncologista Tabaré Vázquez além de pista de decolagem do helicóptero Presidencial rumo a mais um destino, o Prado continua gerando aquele cheiro único que marcou a lenda como herança também de aquela Feira do Gado bem pertinho da atual que chamava-se Exposição do Campo Euskaro, organizada desde o primeiro dia e por inúmeras versões pelo famoso leiloeiro Juan L. Laugarou.

É bom salientar que a atual Residência Presidencial do conhecido «Tabaré» fica na Rua Buschental (antiga Rua dos Eucaliptos) apenas um quarteirão dos portões de ingresso da Avenida Lucas Obes 96 (agora 1011) e da própria Buschental, nome de rua que no passado repetia-se também em um outro bairro chique da capital como «Pocitos» tendo á partir de 1909 uma travessa famosa que beijava-a, a Avenida Brasil.

Este espaço que hoje é plataforma para os criadores mostrar seus animais mais glamorosos foi aquele que o governo uruguaio e a INAC (Instituto Nacional de Carnes – www.inac.gub.uy) escolheram faz alguns meses para atingir um dos alvos mais prezados deste governo, «O maior asadão do mundo», carimbado como recorde mundial pelas toneladas de picanha que foram jogadas acima da grade de metal.

Até segunda15 de Setembro (ontem) foram154.184 os visitantes e levando em consideração que Montevidéu deu uma de Joinville, agüentando chuva e no mínimo garoa além do frio típico da capital uruguaia nesta época do ano poderíamos dizer que trata-se de uma visitação ótima que salienta nem só grande interesse do ambiente agro-industrial uruguaio senão argentino e brasileiro.

Os organizadores acreditam que fora o tempo ruim que estamos tendo na capital uruguaia, vamos ultrapassar a grande visitação do ano 2007 quase no eixo do meio milhão de pessoas.

No caso do Brasil o Pavilhão da Câmara de Comércio Uruguaio-Brasileira (www.camarauruguaybrasil.com.uy) contorna a passadeira verde e arredondada na qual os animais de sangue azul concorrem pela «medalha» de melhor nas diferentes raças e categorias.

Os produtos brasileiros da gema que estão se expondo neste pavilhão verde-amarelo do BRASIL são os seguintes.

Mesmo que o paladar dos uruguaios ainda prefere o refrigerante sabor cola, limão e laranja, o guaraná está querendo ganhar seu espaço no rodeio e a marca Guaraná Praia fabricada em Montevidéu com produtos trazidos do Brasil acabou investindo nesta feira que de gole em gole vai conquistando aos uruguaios.

Fora esse tal pavilhão e muito bem localizado, do lado do portão principal do rodeio a Chelir S.A. representante da maquinaria agrícola brasileira Ipacol (parceiro de sol a sol – www.ipacol.com.br) expõe muitos modelinhos bem atraentes nem só pela qualidade senão pelo tamanho e sua cor vermelha que percebe-se de todas partes. A importadora uruguaia também representa expondo nesta Expo Prado 2008 mais algumas maquinarias brasileiras como a Franhauser, aYanmar Agritech de Indaiatuba no interior de São Paulo – www.agritech.ind.br – e equipamentos da Lavrale caxiense gaúcha – www.lavrale.com.br

Como aconteceu desde a primeira edição a ARU (Associação Rural do Uruguai) que nasceu em 1871 organiza o evento (www.aru.com.uy) e faz 86 anos de mãos dadas com sua revista oficial que acaba sendo um parceiro ímpar neste negócio da divulgação. O Presidente da associação no período 2006-2008 é o Eng. Agr. Guzmán Tellechea e por enquanto uma das caras mas famosas nas telinhas da tevê «castelhana» até dia 21.

No eixo de 1200 crachás de Imprensa foram pedidos antes da abertura da feira nem só uruguaia senão de muitas partes do mundo e isso quer dizer que a EXPOPRADO está sendo muito bem divulgada com antecedência, garantindo logo melhor divulgação ainda.

Pages: 12

Loading. Please wait...

Fotos popular