Pravda.ru

Negόcios

China busca fortalecer relação com América Latina e Caribe

16.04.2014
 
China busca fortalecer relação com América Latina e Caribe. 20166.jpeg

O Ministério das Relações Exteriores da China informou, nesta sexta-feira (11), que o chanceler chinês, Wang Yi, vai visitar Cuba, Venezuela, Argentina e o Brasil entre os dias 18 e 27 deste mês. O convite foi feito pelos chanceleres Bruno Rodríguez Parrilla, Elías Jaua, Hector Timerman e Luiz Alberto Figueiredo Machado, respectivamente.

O presidente chinês Xi Jinping também visitará o Brasil em julho, para a Sexta Cúpula do grupo Brics (Brasil, Rússia, Índia, China e África do Sul).A China e os países latino-americanos estão trabalhando para estabelecer um fórum de cooperação, de acordo com as Chancelarias. O aprofundamento deste esforço deve ser feito através da Comunidade de Estados Latino-Americanos e Caribenhos (Celac).

O chanceler chinês disse, em uma entrevista concedida em março, que 2014 será um ano de trabalho duro para o lançamento formal deste fórum e para a realização da sua primeira reunião interministerial. "Este será um avanço importante nas relações entre a China, a América Latina e o Caribe", afirmou Wang Yi. Os 33 países da Celac - todos os do continente americano, à exceção dos EUA e do Canadá - já têm investido no projeto de aproximação com a China.

Recentemente, a Celac adotou uma declaração especial para endossar a criação do fórum.Além disso, o presidente chinês Xi Jinping estará no Brasil em julho, em Fortaleza, para a Sexta Cúpula do grupo Brics, que incluirá a África do Sul pela primeira vez. O grupo já realizou uma reunião de alto nível no Brasil, em 2010, mas o país africano ainda não o integrava.

O Brics é um bloco econômico que representa as cinco maiores economias emergentes do mundo.Referindo-se à realização da Copa do Mundo no Brasil, Wang disse: "Tenho muitas esperanças sobre as relações entre a China e a América Latina neste ano, estou certo de que muitos fãs do futebol na China estão cheios de expectativas sobre a Copa do Mundo no Brasil," entre 12 de junho e 13 de julho, um dia antes do início da Cúpula dos Brics.

Wang ressaltou que "a melhor forma de descrever a relação da China com a América Latina e o Caribe é a frase 'grandes amigos de longe trazendo uma terra distante para perto.' Este ano temos a importante oportunidade de levar esta relação para o próximo nível." 

Da Redação do Vermelho,Com informações das agências chinesas

http://www.patrialatina.com.br/editorias.php?idprog=e66aed023cb30fdc29ca488de67c02da&cod=13497


Loading. Please wait...

Fotos popular