Pravda.ru

Negόcios

Brasil: Sistema de Contas Nacionais

15.11.2009
 
Pages: 12
Brasil: Sistema de Contas Nacionais

Em 2007, PIB atinge R$ 2,7 trilhões e cresce 6,1%

A taxa de crescimento em relação a 2006 (6,1%) decorreu do desempenho positivo dos Serviços (6,1%), da Indústria (5,3%) e da Agropecuária (4,8%).

A economia brasileira, em 2007, apresentou expansão em volume do Produto Interno Bruto (PIB) de 6,1% em relação ao ano anterior. Em valores correntes, o resultado alcançado foi de R$ 2,661 trilhões, e o deflator do PIB, 5,9%. Neste período, o PIB per capita atingiu R$ 14.183,11.

O crescimento de 6,1% do PIB foi decorrente de um acréscimo de 6,1% dos Serviços, 5,3% da Indústria e 4,8% da Agropecuária. Os impostos sobre produtos (6,2%) cresceram mais que o VAB (5,8%), e os que mais aumentaram foram o Imposto sobre as Importações (24,2%) e os Impostos sobre o Valor Adicionado (7,9%).

Agropecuária – A atividade Agropecuária apresentou crescimento em volume de 4,8% no VAB, em relação a 2006, que pode ser explicado, sobretudo, pelo desempenho da lavoura no ano de 2007.

A variação da participação da atividade Agropecuária no VAB da economia (de 5,5%, em 2006, para 5,6%, em 2007) resulta, além do crescimento em volume da atividade, da elevação de 8,8% dos preços médios praticados.

Em 2007, PIB atinge R$ 2,7 trilhões e cresce 6,1% A taxa de crescimento em relação a 2006 (6,1%) decorreu do desempenho positivo dos Serviços (6,1%), da Indústria (5,3%) e da Agropecuária (4,8%). A economia brasileira, em 2007, apresentou expansão em volume do Produto Interno Bruto (PIB) de 6,1% em relação ao ano anterior. Em valores correntes, o resultado alcançado foi de R$ 2,661 trilhões, e o deflator do PIB, 5,9%. Neste período, o PIB per capita atingiu R$ 14.183,11.

Na atividade Agricultura, Silvicultura e Exploração florestal observa-se um acréscimo, em volume, de 6,6 % no VAB. O Valor Adicionado Bruto da atividade Pecuária e Pesca cresceu 1,0%, em volume, no ano de 2007, taxa inferior aos 2,9% verificados em 2006. Apesar do aumento dos efetivos de aves e suínos (11,5% e 2,2% respectivamente) em comparação com o ano anterior, houve uma redução de 3,0% no efetivo dos bovinos, de acordo com os dados da Pesquisa da Pecuária Municipal 2007, do IBGE.

Indústria – O crescimento da Indústria é explicado, principalmente, pelo desempenho da atividade Indústria de Transformação cujo aumento, em volume, foi de 5,6% em 2007, contra apenas 1,0% em 2006. O crescimento do volume do VAB da Indústria de Transformação foi mais generalizado: 28 das 34 atividades que compõem a Indústria de transformação apresentaram elevação em 2007, contra 22 atividades em 2006.

As atividades industriais que mais se destacaram foram: Defensivos Agrícolas (23,1%), Outros Equipamentos de Transporte (19,0%), Máquinas e Equipamentos inclusive Manutenção e Reparos (17,5%) e Máquinas para Escritório e Equipamentos para Informática (14,3%). Além da fabricação de máquinas e da fabricação de equipamentos para informática, outras indústrias relacionadas com o investimento também tiveram desempenhos positivos possibilitando um aumento de 13,9% da Formação Bruta de Capital Fixo - FBCF: as atividades Caminhões e Ônibus e Automóveis, Camionetas e Utilitários cresceram, respectivamente, 14,9% e 10,8%, enquanto o VAB da atividade Cimento, principal insumo da Construção Civil, cresceu 9,2%.

A Construção Civil manteve a trajetória de crescimento iniciada em 2004. A atividade cresceu 4,9% em 2007 Ambos os segmentos da Construção Civil registraram elevação: a produção de “edificações”, impulsionada pelo aumento do crédito imobiliário e pela expansão da renda das famílias, cresceu 5,9%, enquanto a produção de “outros produtos da construção”, que inclui grandes obras de infra-estrutura, registrou aumento ligeiramente inferior: 5,0% no ano.

Serviços - Em 2007, o desempenho das atividades que constituem o grupo Serviços no SCN superou o de 2006. Entre as 15 atividades desse grupo, 9 registraram variações em volume superiores às verificadas no ano anterior. Estes resultados garantiram o crescimento em volume do seu valor adicionado de 6,1% no ano. Por outro lado, o aumento dos preços neste grupo (7,3% no total do grupo) colaborou para o acréscimo de 13,9% no valor adicionado bruto a preços correntes em 2007.

A atividade com a mais alta variação em volume em 2007 foi a de Serviços de intermediação financeira, seguros e previdência complementar e serviços relacionados (15,1%), a seguir, destacam-se os Serviços de manutenção e reparação que apresentaram um crescimento em volume de 8,9%. Educação mercantil (0,9%) e Administração pública e seguridade social (3,3%) foram as atividades com as menores variações positivas. Já as atividades de Serviços domésticos (-0,9%) e de Educação pública (-3,3%) foram as únicas com taxas negativas no ano.

Comércio – A atividade Comércio registrou crescimento de 8,4% em volume, em relação a 2006 (Tabela 2). Iinfluenciaram positivamente o desempenho do Comércio a continuidade da expansão do crédito (principalmente para aquisição de automóveis e o crédito direcionado à construção civil) e a depreciação do dólar frente ao real, barateando os preços de importados.

Ótica da demanda

Pages: 12

Loading. Please wait...

Fotos popular