Pravda.ru

Negόcios

A missão do pensador num mundo globalizado

13.08.2009
 
A missão do pensador num mundo globalizado

COFECON comemora 58 anos da profissão de economista no Brasil integrando os 27 estados da federação - A profissão de economista foi oficialmente instituída no Brasil pela Lei 1411, de 13 de agosto de 1951. É nessa data que se comemora o Dia do Economista, um dos profissionais que mais trabalham visando o bem-estar das pessoas e da sociedade (“welfare state”).

As relações de produção são fundamentais para a sobrevivência dos seres humanos desde os primórdios de sua existência. Hoje, num planeta que conta já com mais de 6,5 bilhões de habitantes, elas assumem importância absolutamente decisiva. Criam-se aí as Ciências Econômicas, e o ator principal dos seus estudos, o economista.

A Economia como ciência social se louvou na observação do modus vivendi das pessoas, dos agentes econômicos, das comunidades, das sociedades e nações, e nas reflexões da filosofia na elaboração de suas bases, sem abandonar as ciências exatas (matemática, estatística).

A linguagem do economista é universal, pois praticada e entendida por todas as nações e todas as línguas. Seu trabalho é o resumo da atividade humana, o que ela produz e o que precisa produzir para sobreviver e, em especial, a busca pela inclusão de mais pessoas na condição de beneficiários do processo de desenvolvimento.

A prova dessa importância é o fato constatado a partir de poucas décadas, onde gradualmente, e agora de forma muito intensa, é obrigatória a presença de economistas na mídia, e em âmbito mundial.

Não há veículo de comunicação que não tenha uma seção especializada em Economia, seja mídia impressa, televisada, rádio, internet ou qualquer outra. E não são poucos os trabalhos publicados, pois de largo interesse público, artigos, ensaios, pesquisas colocadas hoje também em destaque nos meios de massa.

No Brasil, a entidade que representa a profissão e os seus profissionais, é o Conselho Federal de Economia. Responsável pelo exercício legal da profissão, pela observação e fiscalização do que rege a Lei, hoje o COFECON se desdobra por todos os 27 estados da Federação, representado pelos Conselhos Regionais de Economia que integram o Sistema.

Sua atuação tem se pautado pelo engrandecimento da categoria, pela divulgação de todo o espectro de sua atuação e do interesse público que o trabalho de seus profissionais representa, promovendo assim a valorização da profissão, imprescindível para o bom e progressista funcionamento da sociedade.

Comemora-se, assim, neste 13 de agosto, não só o Dia do Economista, mas de uma profissão que zela pelo progresso, desenvolvimento e crescimento da Sociedade, para alcançar e manter o seu Bem-Estar, trabalho que adota num patamar acima até de sua profissão, como Missão, meta da qual se orgulham todos os seus profissionais.

COFECON – Conselho Federal de Economia


Loading. Please wait...

Fotos popular