Pravda.ru

Negόcios

Itapecerica sedia reunião das Cidades Históricas de Minas Gerais

12.12.2018
 
Itapecerica sedia reunião das Cidades Históricas de Minas Gerais. 30054.jpeg

Itapecerica sedia reunião das Cidades Históricas de Minas Gerais

A Associação das Cidades Históricas de Minas, entidade que congrega as 30 cidades mais representativas de nossa história, realizará no próximo dia 13 de dezembro, às 14h, na histórica cidade do Centro-Oeste mineiro, Itapecerica, a última reunião do ano de 2018. E muitas são as presenças confirmadas para o este último encontro do ano, com vários prefeitos das 30 cidades, agentes culturais e secretários de Turismo das cidades, o secretário de Estado de Cultura, Angelo Oswaldo, jornalistas, pesquisadores e historiadores, além de representante do governo eleito do Estado de Minas Gerais.

A pauta do encontro conta com assuntos administrativos da entidade, das prefeituras e debates sobre as políticas de preservação e recuperação do patrimônio artístico e arquitetônico do Estado, quando será produzida uma Carta das Cidades Históricas de Minas sobre a conservação e manutenção do seu legado histórico, artístico, cultural e arquitetônico, destinada ao novo governo do Estado de Minas Gerais. O Encontro será no Hotel Palestina - MG 164 - na Zona Rural do município.

Sobre a Associação das Cidades Históricas

A Associação das Cidades Históricas de Minas Gerais é uma entidade civil de direito privado, sem fins lucrativos. Foi criada em 30 de maio de 2003, tendo como seu primeiro presidente Celso Cota Neto, à época prefeito de Mariana.

Em 2005, a Associação foi reconhecida de utilidade pública pelo Estado de Minas Gerais através da Lei Estadual nº 15.791, de 03 de novembro de 2005, na gestão do então presidente da Associação, Antônio Eduardo Martins, prefeito de Santa Bárbara naquele período. Trata-se de um órgão gestor dos recursos destinados às suas atividades, sendo voltado para o incremento do Patrimônio Cultural e sua potencialidade financeira. Ela é composta por 30 municípios, sendo que Ouro Preto, Diamantina e o Santuário do Senhor Bom Jesus de Congonhas estão inscritos na Unesco como patrimônios culturais mundiais.

 A Associação tem como finalidades estruturais: planejar e executar atividades culturais, bem como sua relação com o turismo e a educação; promover o desenvolvimento integrado e a infraestrutura dos programas a serem executados, preservando o patrimônio histórico/cultural dos municípios integrantes.

Informações pelo telefone: 31-3731-6833

 


Loading. Please wait...

Fotos popular