Pravda.ru

Negόcios

Crise afeta 88% das indústrias, diz CNI

12.12.2008
 
Crise afeta 88% das indústrias, diz CNI

Manoel Castanho (*)   

 

De acordo com uma pesquisa realizada pela Confederação Nacional da Indústria (CNI), praticamente 9 em cada 10 empresas têm seus negócios afetados pela presente crise financeira internacional. A consulta indica que os efeitos da crise não se limitam ao financiamento e que o principal problema é a redução de demanda. A consulta foi realizada entre 6 e 14 de novembro.

Para 88% dos empresários consultados, a crise financeira está afetando os negócios de sua empresas. Apenas 9% afirmaram o contrário. Entre os principais impactos causados, mais da metade dos entrevistados (57%) afirmam que o principal deles é a redução da demanda. A seguir vieram o aumento dos preços de insumos e equipamentos importados e a dificuldade de acesso ao crédito. Também mais da metade (54%) das empresas consultadas responderam que as projeções de vendas para 2009 foram reduzidas, enquanto apenas 1% das empresas ampliou.

No que se refere a investimentos, 64% das empresas tiveram seus planos afetados pela crise. Metade delas (ou 32% do total) adiou seus investimentos por tempo indeterminado, enquanto 7% delas (ou 4,5% do total) cancelou. A maioria (52%) também pensa que as medidas adotadas pelo governo para combater a crise tiveram um efeito moderado, enquanto outros 2% acreditam que o efeito foi significativo.

Entre as medidas desejadas para combater a crise, 59% gostariam que o governo ampliasse o prazo para o recolhimento de tributos; 39% indicaram menores restrições às linhas oficiais de crédito, enquanto 35% pediram ampliação dos recursos das mesmas.

Por fim, no que se refere à superação da crise, 18% acreditam que será superada no primeiro semestre de 2009; 31% afirmam que será no segundo semestre do próximo ano; outros 31% indicam que só em 2010; e 1% acham que será superada ainda neste ano.

A consulta da CNI foi realizada com 385 empresas de 25 estados, por meio eletrônico, sendo que 18% são empresas de grande porte, 34% de médio porte e 48% são pequenas empresas.
_______________________________
(*) Jornalista do COFECON
manoel.castanho@cofecon.org.br

 http://www.cofecon.org.br/index.php?option=com_content&task=view&id=1633&Itemid=1


Loading. Please wait...

Fotos popular