Pravda.ru

Negόcios

PIB cubano cresceu 3,1% em 2012

07.01.2013
 
PIB cubano cresceu 3,1% em 2012. 17742.jpeg

por Omar Pérez Salomón

No dia 13 de Dezembro último o presidente cubano Raúl Castro afirmava no encerramento do X Período de Sessões da Sétima Legislatura da Assembleia Nacional do Poder Popular:

"Em relação a 2011, a maioria das atividades registam resultados superiores, em correspondência com a política de potenciar o desenvolvimento da esfera produtiva, como sustentáculo dos serviços sociais gratuitos, para todos os cubanos, que conservaram níveis semelhantes a partir de uma maior racionalidade e eficiência".

E Raúl destacava: "... tudo o que façamos é destinado à preservação e desenvolvimento em Cuba de uma sociedade socialista sustentável e próspera".

Há exatamente um ano recordava eu as palavras do escritor e jornalista uruguaio Eduardo Galeano, que afirmou que quando se trata de Cuba os grandes meios de comunicação "aplicam uma lupa imensa que magnifica tudo o que ali ocorre cada vez que isso convém aos interesses inimigos, chamando a atenção sobre o que se passa na Revolução, ao passo que a lupa se distrai e não consegue ver outras coisas importantes".

Neste sentido, apesar do sistemático incremento dos preços internacionais dos alimentos e de outros bens básicos, a crise global do sistema capitalista, que já adquire um carácter crónico, o recrudescimento do bloqueio dos EUA e da lupa que aplicam os grandes meios de comunicação ao serviço do império para distorcer o que acontece em Cuba, chamam a atenção estes 54 dados pouco divulgados sobre a Revolução Cubana em vésperas do seu 54º aniversário.

*A economia cuba encerra o ano de 2012 com 3,1% de crescimento do PIB.

*A produtividade do trabalho cresceu 2,1%.

*O défice do Orçamento do Estado representa 3,8% do PIB a preços correntes.

*Estimam-se Rendimentos Líquidos superiores aos 47 mil milhões de pesos no orçamento do Estado, ou seja, um cumprimento de 102%.

*O turismo em 2012 chega aos 2.874.000 visitantes, com um crescimento de 4,9% em comparação com o ano anterior, com rendimentos brutos próximos dos dois mil milhões de dólares.

*Crescimento de 2% na agricultura, de 4,4% na indústria manufactureira, de 5% nos transportes e comunicações e de 5,9% no comércio.

*A produção de açúcar cresceu mais de 20%.

*Produziram-se cerca de 4 milhões de toneladas de petróleo e de gás em 2012.

*O nível de desemprego é de 3,8%.

*Foram aprovadas 17 medidas para melhorar a gestão das Unidades Básicas de Produção Cooperativa na agricultura.

*O plano de 2013 prevê um crescimento do PIB de 3,7%.

*Dentre os crescimentos mais significativos para 2013 estão os de 44,5% na agricultura, 4,7% na indústria manufactureira e dentro dela uma safra superior em 21,7% em relação a 2012.

*Para investimentos em 2013 serão destinados 7.756 milhões de pesos, um incremento de 34%, dos quais 79% na esfera produtiva.

*O abastecimento de electricidade no país deve aumentar 2%, enquanto se espera que os visitantes atinjam os 3,2 milhões, o que representa um crescimento de 8,6% em relação a 2012.

*A produtividade deve aumentar em2,6%, enquanto os trabalhadores no sector não estatal crescerão 1% e a eficiência produtiva 2,2%.

*Para 2013 as contribuições dos Trabalhadores por Conta Própria e os novos modelos de gestão terão um crescimento de 14%.

*Os gastos planificados ascenderão a mais de 50 mil milhões de pesos, com um crescimento de 1,6% em relação ao Orçamento de 2012.

*Mais de 32 mil milhões de pesos para subsidiar famílias de baixos rendimentos, em acções construtivas nas suas habitações e para garantir os níveis de actividade planificados nos sectores sociais.

*Em 2013 será subsidiado o Cabaz Familiar Normalizado, com uma despesa próxima aos 3 mil milhões de pesos.

*Para a Segurança Social destina-se um montante superior aos 5 mil milhões de pesos, com o que são beneficiadas cerca de dois milhões de pessoas.

*Criação de Fundo de Desenvolvimento por 532 milhões de pesos, que deverá apoiar as decisões do Governo com o objectivo de estimular o sector produtivo e de serviços.

*230 cooperativas em sectores não agro-pecuários iniciarão experiências.

*A partir de Janeiro de 2013 começará em mais de 100 empresas a implementação de experimentos para aumentar a autonomia e faculdades na gestão económica e financeira das mesmas.

*A taxa de mortalidade infantil em Cuba encontra-se abaixo de 5 por cada mil nascidos vivos.

*A esperança de vida é de 78 anos.

*188 países condenaram o bloqueio genocida dos Estados Unidos contra Cuba durante a Assembleia Geral da ONU em Novembro de 2012.

*Cuba obteve o 15º lugar nos Jogos Olímpicos de Londres, com 14 medalhas.

*Em 14 de Dezembro celebrou-se o segundo aniversário da primeira rede social digital de conteúdos de Cuba, EcuRed , com mais de 100 mil artigos enciclopédicos e que recebe mais de 90 mil visitas diárias.

*Cuba ocupa o 51º lugar entre todos os países no relatório sobre desenvolvimento humano da ONU, com um desenvolvimento humano alto.

*Mais de 40 mil colaboradores cubanos da saúde cumprem missões em mais de 70 países.

*Os gastos do sector orçamentado asseguram a educação escolar a 1.864.100 estudantes nos níveis pré-escolar, primário e médio, bem como a 233.300 no ensino superior. Também se assegura o funcionamento de 152 hospitais, 452 policlínicas e 11.504 consultórios médicos.

O original encontra-se em http://lapupilainsomne.wordpress.com/2012/12/26/cuba-mas-datos-sin-lupa/

Este artigo encontra-se em http://resistir.info

 

http://www.patrialatina.com.br/editorias.php?idprog=1b7dbe36e1322048b49ab4b2b2c735e9&cod=10812

 


Loading. Please wait...

Fotos popular