Pravda.ru

Negόcios

Eleições presidenciais no Irã. Um grande marco da democracia

06.06.2013
 
Eleições presidenciais no Irã. Um grande marco da democracia. 18327.jpeg

O discurso do líder para marcar o 24 º aniversário da morte de Imam Khomeini
 
"As próximas eleições presidenciais no Irã deve criar uma epopeia política no país", disse terça-feira o líder supremo da Revolução Islâmica Ayatollah Seyed Ali Khamenei.


A afirmação foi durante um discurso diante de dezenas de milhares de participantes na cerimônia de abertura do XXIV aniversário da morte do fundador da República Islâmica do Irã, Imam Khomeini, o Líder Supremo se dirigiu aos candidatos presidenciais orientando-os a não fazer durante a campanha politica promessas impossíveis de cumprir.


Segundo o aiatolá Khamenei, para votar em qualquer candidato votação equivale a votar na República Islâmica, o sistema islâmico e o mecanismo eleitoral.


Alguns criam falsas análises e plantam a ideia de dar privilégios aos inimigos no sentido de reduzir as pressões externas. No entanto, tudo deve servir os interesses nacionais como prioridade, lembrou.


Em outra parte do seu discurso, o Líder Supremo afirmou que os inimigos do Irã se esqueceram do épico dia (30 de dezembro 2009) e recordou que aqueles que acreditam que a maioria dos iranianos é contra o sistema da República Islâmica estão esquecidos que durante os últimos trinta e tantos anos, o Irã tem experimentado uma ampla participação popular na marcha de 22 de Bahman (10 Fevereiro, que marca o aniversário da vitória da Revolução Islâmica), em que cantam o slogan "Morte à América", acrescentou ele.


Os inimigos procuram minar as eleições e fomentar distúrbios nos comícios fazendo a mesma coisa que fizeram depois das entusiastas eleições de 2009, asseguro o aiatolá Khamenei. A efervescência após as eleições, como agitação pós-eleitoral que criou após as Eleições 2009 entusiastas, disse.


Segundo o aiatolá Khamenei, Imam Khomeini tinha três crenças que lhe fizeram ser um líder firme, bravo e forte: acreditar em Deus, nas pessoas e em si mesmo.


Portanto, as eleições são símbolos das três crenças do fundador da República Islâmica do Iran e em quatro de Junho de todos os anos, em Teerã, se comemora o aniversario do falecimento do aiatolá Khomeini. A cerimônia geralmente tem uma presença maciça dos iranianos e pessoas de vários países.
 
Hispan TV
http://www.iranews.com.br/noticia/10113/eleicoes-presidenciais-no-ira-um-grande-marco-da-democracia


Loading. Please wait...

Fotos popular