Pravda.ru

Negόcios

Produção industrial cresce 10,5% em 2010

06.02.2011
 

Expansão é a maior desde 1986, de acordo com o IBGE - A produção industrial fechou 2010 com crescimento de 10,5% em relação ao ano anterior. A expansão é a maior desde 1986 (10,9%). Os dados foram divulgados, na quarta-feira (2), pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

A produção industrial fechou 2010 com crescimento de 10,5% em relação ao ano anterior. A expansão é a maior desde 1986 (10,9%). Os dados foram divulgados, na quarta-feira (2), pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). O primeiro semestre do ano apontou crescimento mais acentuado (16,2%) que o observado no semestre seguinte (5,6%), se comparado a igual período do ano anterior. No ano passado, observou-se crescimento geral, com todas as categorias de uso, em 66 dos 76 subsetores, 25 dos 27 setores e 75% dos produtos investigados mostrando expansão na produção.

Entre as atividades, as influências mais expressivas sobre a média global vieram dos setores de veículos automotores (24,2%) e de máquinas e equipamentos (24,3%).

Por categorias de uso, a expansão mais intensa concentrou-se no setor de bens de capital (20,8%), seguida por bens intermediários (11,4%). A produção de bens de consumo duráveis (10,3%) fechou o ano de 2010 com crescimento próximo ao da média da indústria (10,5%). O acréscimo do setor produtor de bens de consumo semi e não duráveis, de 5,2%, foi mais moderado, mas o segmento foi o que apontou a queda menos intensa em 2009 (-1,5%) entre as categorias de uso.

Apesar do crescimento acumulado em 2010, a indústria teve queda de 0,7% de novembro para dezembro e o patamar de produção ficou 2,7% abaixo do nível recorde registrado em março do mesmo ano.

Na formação desse resultado observou-se a maior concentração de setores que expandiram a produção do que os que apresentaram decréscimo, entre os 27 ramos pesquisados. Das indústrias que reduziram a produção, a maior influência veio do recuo de 13,3% observado no setor de material eletrônico e equipamentos de comunicações. Por outro lado, máquinas e equipamentos (1,8%), outros produtos químicos (1,5%), minerais não metálicos (2,0%), equipamentos de instrumentação médico-hospitalares, ópticos e outros (9,7%) e máquinas para escritório e equipamentos de informática (3,9%) exerceram os principais impactos positivos.

Dezembro

Em relação a dezembro de 2009, o setor industrial registrou aumento de 2,7%, apoiado no crescimento de 19 dos 27 setores, com destaque para a expansão de 12,1% de veículos automotores, seguido por indústrias extrativas (10,4%), máquinas e equipamentos (6,2%), máquinas para escritório e equipamentos de informática (15,1%), minerais não metálicos (7,0%), bebidas (5,6%) e outros equipamentos de transporte (12,3%).

 


Loading. Please wait...

Fotos popular