Pravda.ru

Negόcios

Crise debatida em Lisboa

04.11.2008
 
Crise debatida em Lisboa

Economista Yann Moulier Boutang amanhã em Lisboa para debater crise financeira mundial a convite do Instituto de Ciências Sociais. Autor do clássico estudo “Da Escravatura ao Assalariado” e um dos mais influentes economistas da actualidade regressa a Portugal para uma conferência no Institut Franco-Portugais

Após o desastre bolsista de 1929 – que ficou conhecido como a quinta-feira negra – o presidente norte-americano Franklin D. Roosevelt lançou um plano de recuperação da economia dos EUA que ficou conhecido como ‘New Deal’. Quase oito décadas depois, os EUA vivem uma situação idêntica, arrastando outros países do mundo ocidental para uma crise financeira sem precedentes nas últimas décadas. A convite do Instituto de Ciências Sociais, Yann Moulier Boutang vem a Lisboa para participar na conferência “La crise financière: de quelle véritable nouvelle donne avous-nous besoin?” e dar a sua opinião sobre o que deve ser o plano de recuperação mais adequado para a actual conjuntura mundial.

Para este economista francês – autor do clássico estudo “Da Escravatura ao Assalariado” e um dos mais influentes da actualidade – a confiança dos mercados internacionais depende de um ‘New Deal’ com uma forte vertente social, ecológica e cognitiva. O capitalismo cognitivo tem sido, de resto, uma das questões centrais dos seus estudos mais recentes, como o prova a publicação da sua última obra intitulada “Le Capitalism Cognitif – La Nouvelle Grande Transformation”.

Professor universitário de ciências económicas da Universidade de Tecnologia de Compiègne, é também director da Multitudes, revista de política, filosofia e artes que tem tido um papel muito importante na divulgação de estudos de pensamento crítico e especialmente de correntes associadas a Antonio Negri.

Fonte: IMAGO


Loading. Please wait...

Fotos popular